Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 28/10/2016

Fique por dentro

"A igreja cresce em número, mas também precisa crescer em influência", diz Gustavo Paiva

O pastor Gustavo Paiva, líder do movimento Nova Geração, levou uma palavra de despertamento para os jovens reunidos pela cantora Priscilla Alcantara no encontro “Até Sermos Um".

O pastor Gustavo Paiva é líder do movimento Nova Geração.


O pastor Gustavo Paiva, líder do movimento Nova Geração, levou uma palavra de despertamento para mais de 3 mil jovens que foram reunidos pela cantora Priscilla Alcantara no encontro “Até Sermos Um (ASU)” no último sábado (22), na Igreja Bola de Neve, na zona oeste de São Paulo.


Depois de relembrar os avivamentos que marcaram o mundo, Gustavo ressaltou que Deus está arquitetando um grande avivamento global. "Deus está levantando uma geração através da fome, da sede e da mudança de mentalidade para que esse avivamento venha e não pare mais. Deus quer levantar uma geração e colocá-la em maturidade para influenciar o mundo".


Embora o Brasil abrigue mais de 42,3 milhões de evangélicos, conforme dados do IBGE, o pastor ressalta que o país ainda é caracterizado por muitos problemas sociais. "Nós crescemos em número, mas precisamos crescer em influência a ponto de formar discípulos. Acredito que essa geração de influência vai ter uma raiz como a da igreja primitiva, que foi a geração mais influente da história".


O pastor fez uma referência da influência da igreja primitiva no trecho bíblico de Atos 17:6, que diz: "Esses homens que têm causado alvoroço por todo o mundo". "Eu acredito que esse é o DNA que Deus quer colocar em sua vida, de um homem que irá transtornar o mundo. A igreja do primeiro século não era conhecida como a igreja que fazia programas ou reunia multidões, mas que influenciava o mundo".


Ele ainda indicou alguns pontos que são essenciais para uma vida de influência:


Sem proximidade não temos influência. Deus quer te inserir no sistema, e não ter tirar do sistema. Nós, como igreja, temos pregado uma mentalidade de monastério, mas Jesus nunca pediu para nos tirar do mundo — Jesus pediu para nos conservarmos no mundo.


Viva do céu para a terra. Para ser alguém influente, você precisa decidir se você vai viver do céu para a terra ou da terra para o céu. Se você viver da terra para o céu, tudo estará acima de você: angústia, principado, potestade. Mas se você viver do céu para a terra, tudo estará abaixo de você. Você precisa viver a partir da perspectiva do reino de Deus.


Viva em sabedoria. Mais forte do que apontar o pecado, é liberar o destino. É fácil enxergar o pecado que já está ali, o difícil é enxergar a virtude que ainda não está ali. Isso significa que você tem que mudar a mentalidade de guerra para uma mentalidade de sabedoria.


Dê a resposta que o mundo ainda não viu. Quando você se converte, você é uma criança e as coisas acontecem num piscar de olhos. Mas quando as coisas se tornam mais difíceis, significa que Deus está dizendo: está na hora de crescer. Sabe por que muitas vezes as suas orações não estão sendo respondidas? Porque Deus está dizendo: está na hora de crescer.


Você irá descobrir grandes coisas em pequenos lugares. Jesus nasceu numa manjedoura. Muitas vezes, as suas maiores experiências vão acontecer nos lugares que você não imagina.



Veja também: Jesus está acima da religião e a Bíblia mostra isso, diz evangelista Billy Graham

guiame.com.br